TV paga apresenta números interessantes, mas ainda tem muito a melhorar

Arquivado em: Coluna da TV, Cultura, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 30 de novembro de 2020 as 10:11, por: CdB

A informação é que, apesar de observar nova queda na base de assinantes, a TV por assinatura teve maior relevância entre os brasileiros neste 2020, principalmente no início do isolamento social.

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro

Colaboração – José Carlos Nery

A informação é que, apesar de observar nova queda na base de assinantes, a TV por assinatura teve maior relevância entre os brasileiros neste 2020, principalmente no início do isolamento social. No primeiro semestre, o crescimento na média de audiência foi de 24% no Brasil, alcançando 14 milhões de telespectadores por minuto.

A informação é que, apesar de observar nova queda na base de assinantes, a TV por assinatura teve maior relevância entre os brasileiros
A informação é que, apesar de observar nova queda na base de assinantes, a TV por assinatura teve maior relevância entre os brasileiros

“A TV por assinatura demonstrou, neste período, uma característica de essencialidade que pode ser mantida para o futuro”, diz Oscar Simões, presidente da ABTA.

Vale considerar que, em alguns períodos da pandemia, várias operadoras e programadoras de TV abriram seus sinais para não assinantes, proporcionando resultados bem expressivos.

Entre canais de jornalismo e filmes, alguns observaram aumentos iguais ou até superiores a 100%.

Importante destacar também que as autoridades têm fechado o cerco contra a pirataria. Somente nos meses de setembro e outubro, uma série de operações coordenadas pela Polícia Civil, Polícia Federal, Receita Federal, Anatel e Ancine apreendeu mais de 300 mil destes equipamentos no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Pará. Sem dúvida, movimentos bem significativos.

Mas a grande crítica, e o que joga contra, é a programação de baixa qualidade que a grande maioria desses canais insiste em oferecer.

TV Tudo

Alternativa

Além do modelo tradicional, a Claro TV está promovendo o lançamento do Box TV.

Segundo a empresa, o novo serviço terá capacidade de chegar, no futuro, a 100 milhões de lares com banda larga.

Humor

O Comedy Central fechou as participações especiais da próxima temporada de A Culpa é do Cabral, ainda sem data de estreia.

Caio Castro, Daniele Hypólito, Enaldinho, Glenda Kozlowski, Nil Agra, Patrick Maia, Paulo Miklos, Pequena Lo, Priscilla Alcântara, Pyong Lee, Sidney Magal, Yudi Tamashiro e Zico irão aparecer no novo cenário que irá integrar também a plateia virtual. A edição trará 13 episódios e 27 quadros inéditos.

Oficial

A CNN Brasil desmente qualquer negociação com a Rede TV! para assumir o seu jornalismo.

Data hoje, em se tratando de qualquer tipo de acerto, “a chance é zero”.

Cozinha

Entre o que a direção da Band tem decidido para o ano que vem, a faixa nobre das terças-feiras ficará reservada para os formatos de culinária.

Na saída de um, será exibido outro e assim por diante.

Record

Além de Luciano Camargo, está previsto um segundo especial musical na programação de fim de ano da Record.

E mais: um cardápio com 20 sucessos do gênero no cinema distribuídos, em cinco diferentes sessões, como Super Tela e Cine Maior, entre outras.

Band

Por outro lado, também em relação a filmes, a Band não tem nada de especial programado para o final de ano.

No entanto, a sua direção trabalha na montagem de um cardápio de longas para exibição a partir de janeiro.

Gimenez nas redes

Luciana Gimenez gravou os quatro vídeos de uma série sobre a comunidade LGBTQI+, para lançamento no início do mês no Instagram e YouTube, com depoimentos de famosos e anônimos.

Um momento especial se deu quando um pai, supermachista, falou a respeito da filha trans.

A propósito

Mayra Cardi é a convidada do Luciana By Night, nesta terça-feira.

Entre os assuntos conversados, claro, um interminável, a separação do ator Arthur Aguiar.

Externas

Parte do elenco de Gênesis, próxima bíblica da Record, deixa os estúdios do Rio, para gravar uma nova série de externas em cidades do interior de Minas Gerais.

Os trabalhos terão início ainda nesta semana.

Dia do Samba

Em comemoração ao Dia do Samba, celebrado na próxima quarta, 2, a TV Cultura leva ao ar nesta semana a série de interprogramas Capas do Brasil.

De produção própria, a série é inspirada em trabalhos do designer gráfico e ilustrador Elifas Andreato.

As capas

Nos cinco primeiros episódios, capas de famosos nomes do samba como Paulinho da Viola, Clementina de Jesus, Martinho da Vila, Clara Nunes e Adoniran Barbosa.

Cada exibição vai durar em torno de 2 minutos e terá sempre a participação de Elifas e alguns intérpretes convidados como Criolo, Zeca Baleiro, Leci Brandão, Fabiana Cozza e Teresa Cristina.

Bate – Rebate

•     Depois da Globo, o Choque de Cultura tem estreia marcada para sexta-feira, às 21h45, no Canal Brasil.

•     A grade da Globo está sentindo os efeitos da eliminação da Fazenda

•     … Na última quinta-feira, o Jornal da Globo só começou à 1h25…

•     … E o Conversa do Bial, às 2h16.

•     Netflix confirma para 3 de dezembro a estreia de Tudo Bem no Natal que Vem, comédia escrita por Paulo Cursino e protagonizada por Leandro Hassum.

•     Além de Verdades Secretas 2, para a Globoplay, Camila Queiroz vai buscar espaço na agenda para fazer seu primeiro filme, em 2021…

•     … Não confirma ainda, porque a prioridade será a novela.

•     Thelma Guedes e Duca Rachid, duas vezes campeãs do Emmy Internacional, estão com um novo projeto bem encaminhado na Globo…

•     …Isso, independentemente das mudanças na Teledramaturgia anunciadas sexta-feira…

•     … Bom lembrar que Silvio de Abreu só deixará a casa em março de 2021…

•     … Até lá, vai colaborar no processo de transição.

C´est fini

Na Band, a informação é que Zeca Camargo continua com compromisso na casa, realizando trabalhos na área da criação.

Mas que no começo do ano haverá uma conversa para definir o futuro.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!