Twitter fica fora do ar para milhares de pessoas

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Redes Sociais, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 2 de outubro de 2019 as 11:07, por: CdB

No início do dia, o site de monitoramento Outage.report havia recebido mais de 4 mil relatos do incidente em todo o mundo.

Por Redação, com Reuters – de Nova York

O Twitter disse que estava no processo de consertar uma interrupção mundial em seu site e em sua plataforma de gerenciamento TweetDeck, que afetou milhares de usuários por várias horas nesta quarta-feira.

Twitter fica fora do ar para milhares de pessoas em todo o mundo
Twitter fica fora do ar para milhares de pessoas em todo o mundo

“O problema está quase resolvido. Você deve poder acessar o Twitter como de costume. Caso contrário, aguarde mais alguns minutos!” O Twitter disse em um tuíte após várias reclamações de usuários em seu site.

No início do dia, o site de monitoramento Outage.report havia recebido mais de 4 mil relatos do incidente em todo o mundo, incluindo Japão, Canadá e Índia.

A interrupção provocou a hashtag #TwitterDown nos EUA.

Problemas

Um representante do Twitter havia dito anteriormente à agência inglesa de notícias Reuters que a empresa estava investigando problemas com o TweetDeck, que é usado por repórteres e outros criadores de conteúdo para monitorar tuítes de várias contas do Twitter.

A empresa foi atingida em julho por uma interrupção semelhante devido a uma alteração interna do sistema por mais de uma hora, afetando quase 70 mil pessoas em todo o mundo, de acordo com o site de monitoramento de interrupções Downdetector.com.

Facebook

O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que desmembrar empresas de tecnologia tornará a interferência eleitoral mais provável, de acordo com as transcrições de uma reunião interna da empresa realizada em julho e publicadas pelo site The Verge.

A Reuters não conseguiu verificar independentemente a autenticidade da transcrição.

Segundo a gravação, Zuckerberg disse que o Facebook enfrentará desafios legais se a senadora democrata Elizabeth Warren for eleita presidente dos EUA, pois ela prometeu desmembrar empresas de tecnologia gigantes como Amazon e Google, da Alphabet.

–  E eu apostaria que venceremos o desafio legal. E isso ainda é péssimo para nós? Sim. Quero dizer, eu não quero ter um grande processo contra nosso próprio governo – disse Zuckerberg segundo a transcrição.

No Twitter, a senadora Warren afirmou que “o que realmente será péssimo será nós não consertarmos um sistema corrupto que permite que empresas gigantes como o Facebook se envolvam em práticas anticoncorrenciais ilegais e pisem sobre os direitos à privacidade do consumidor”.

Representantes do Facebook não comentaram o assunto de imediato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *