Uber volta a operar com motoristas profissionais em Barcelona

Arquivado em: Destaque do Dia, Internet, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 13 de março de 2018 as 13:09, por: CdB

Seu novo serviço UberX funcionará com centenas de motoristas profissionais e licenciados, em contraste com o serviço UberPop que funcionou até o final de 2014

Por Redação, com Reuters – de Londres:

O Uber está buscando uma segunda chance em Barcelona, três anos após ter sido forçado a abandonar a operação diante de protestos de motoristas de táxi, por meio da introdução de um serviço totalmente licenciado que satisfaz as leis locais de transporte.

Uber volta a operar em Barcelona com motoristas profissionais
 
Seu novo serviço UberX funcionará com centenas de motoristas profissionais e licenciados; em contraste com o serviço UberPop que funcionou até o final de 2014; com motoristas não-profissionais, disse o Uber nesta terça-feira.

O Uber está procurando alterar suas práticas de negócios que resultaram em uma série de batalhas regulatórias; escândalos envolvendo motoristas e clientes e em casos judiciais.

– Nós cometemos erros ao longo do caminho – disse o gerente-geral do Uber para o Sudoeste Europeu, Carles Lloret; em uma postagem no blog da empresa.

– Estamos mudando a maneira como fazemos negócios, colocando a integridade no cerne de cada decisão; que tomamos e trabalhando duro para ganhar a confiança das cidades nas quais operamos. Barcelona não é exceção – afirmou Lloret.

Em janeiro, o presidente-executivo do Uber, Dara Khosrowshahi; disse que estava focado no“crescimento responsável”; enquanto procurava encerrar uma cultura agressiva e intransigente na busca de resultados, que herdou ao se juntar no ano passado à empresa pioneira no serviço de transporte urbano compartilhado por aplicativo.

Dois anos atrás, o Uber reintroduziu o UberX usando motoristas profissionais em Madri. Em dezembro de 2014, um juiz havia ordenado que todos os serviços da Uber fossem fechados na capital espanhola.

Criticando o retorno do Uber como uma concorrência desleal para seus meios de subsistência, motoristas de táxi organizaram uma série de greves de 24 horas em Madri, Barcelona e outras cidades espanholas no ano passado.

– Estamos totalmente empenhados em trabalhar com todo o setor – incluindo táxis – para melhorar a mobilidade em Barcelona juntos – disse Lloret.

UberPop

O Uber, com sede São Francisco, na Califórnia, fechou os serviços de forma preventiva em Barcelona em dezembro de 2014, quando as autoridades locais se preparavam para aprovar uma legislação contra o serviço UberPop.

Os protestos de associações de táxis no ano passado contra o Uber também visavam a empresa rival Cabify, fundada em Madri em 2012 e que opera na Espanha, Portugal e América Latina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *