UE deveria parar de comprar carne e soja do Brasil, reforça Finlândia

Arquivado em: Negócios, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 13 de setembro de 2019 as 14:37, por: CdB

Para ministro, o objetivo de “aumentar a pressão para que o governo brasileiro faça alguma coisa quanto às queimadas”.

Por Redação, com Reuters – de Helsinque

O ministro das Finanças da Finlândia, Mika Lintila, afirmou nesta sexta-feira que a União Europeia deveria parar de importar carne bovina do Brasil e considerar uma suspensão das importações de soja para colocar pressão sobre o governo brasileiro, mirando no combate às queimadas na Amazônia.

A medida tem como objetivo “aumentar a pressão para que o governo brasileiro faça alguma coisa quanto às queimadas”.

A Finlândia, que detém a presidência temporária da UE, solicitou às autoridades europeias que “descontinuem a importação de carne bovina do Brasil”, disse Lintila em uma entrevista coletiva em Helsinque.

Ele acrescentou que considera fazer o mesmo a respeito da soja, com o objetivo de “aumentar a pressão para que o governo brasileiro faça alguma coisa quanto às queimadas”.

Em agosto,o mesmo país sugeriu uma proibição às importações de carne bovina brasileira. O primeiro-ministro Antti Rinne disse que os incêndios são “uma ameaça para todo o nosso planeta, não apenas para o Brasil ou a América do Sul.”

– Precisamos descobrir se os europeus têm algo a oferecer ao Brasil para ajudar a evitar esse tipo de incêndio no futuro – disse o primeiro-ministro.

O ministro das Finanças da Finlândia disse que levantará a questão com seus colegas da UE em uma reunião em Helsinque em 13 e 14 de setembro.

Os líderes das economias mais avançadas do mundo também devem discutir o assunto quando se encontrarem para a cúpula do G7 na França neste final de semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *