UE fecha fronteiras por 30 dias para conter coronavírus

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 16 de março de 2020 as 14:56, por: CdB

A União Europeia determinou nesta segunda-feira o fechamento de todas as fronteiras para viagens não essenciais por 30 dias, como uma medida de controlar o novo coronavírus.

Por Redação, com agências internacionais – de Genebra

A União Europeia determinou nesta segunda-feira o fechamento de todas as fronteiras para viagens não essenciais por 30 dias, como uma medida de controlar o novo coronavírus.

Presidente do bloco econômico, Ursula von der Leyen, disse que prazo pode se estender pelo tempo que for necessário
Presidente do bloco econômico, Ursula von der Leyen, disse que prazo pode se estender pelo tempo que for necessário

A presidente do bloco, Ursula von der Leyen disse também que o prazo pode se estender por mais que 30 dias caso seja necessário.

A decisão foi tomada depois que diversos países do bloco, como Itália, Espanha, Alemanha, França, Portugal, Polônia, Grécia e Bulgária fecharam fronteiras e/ou restringiram o acesso de turistas aos países.

A Itália

Viagens entre a União Europeia e o Reino Unido, que deixou o bloco no começo no dia 31 de janeiro, serão permitidas até o plano ser finalizado nesta terça-feira, disse a presidente.

A Europa se tornou o epicentro da crise, que começou em Wuhan, na China, depois que o país asiático conseguiu controlar o número de novos contágios. A Itália se tornou o país mais atingido, com mais de 24 mil casos e 1,8 mil mortes.

O plano também vai analisar como será mantido o livre mercado entre os países e como ele vai operar sem riscos.

Até agora, as únicas exceções determinadas para a proibição de viagens serão para cidadãos da União Europeia voltando para casa, funcionários da área da saúde e cientistas que estão trabalhando pela vacina contra o coronavírus e pessoas que viajam entre países da União Europeia pelo trabalho.