UE pode bloquear exportações de vacinas para Reino Unido

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 17 de março de 2021 as 11:54, por: CdB

A presidente da União Europeia, Ursula von der Leyen, ameaçou nesta quarta-feira suspender as exportações de vacinas do Reino Unido, destacando que o bloco pode considerar o bloqueio de fornecimento a países que não estão fazendo reciprocidade ou que já tenham altas taxas de vacinação, como o Reino Unido, segundo a Bloomberg.

Por Redação, com Sputnik – de Bruxelas

A presidente da União Europeia, Ursula von der Leyen, ameaçou nesta quarta-feira suspender as exportações de vacinas do Reino Unido, destacando que o bloco pode considerar o bloqueio de fornecimento a países que não estão fazendo reciprocidade ou que já tenham altas taxas de vacinação, como o Reino Unido, segundo a Bloomberg.

UE pode bloquear exportações de vacinas para Reino Unido, sugere Ursula von der Leyen

UE revive luta contra exportação de vacinas com o Reino Unido e pondera considerar bloqueio a países que já tenham “altas taxas de vacinação”.

– Observamos que nas últimas seis semanas, dez milhões de doses foram exportadas para o Reino Unido. Londres está produzindo a AstraZeneca. Em nosso contrato com a AstraZeneca, há dois locais no Reino Unido que estão incluídos no contrato para entregas potenciais para a UE – disse a presidente a repórteres em Bruxelas segundo a mídia.

Von der Leyen afirmou que os líderes da UE devem considerar medidas adicionais para garantir o fornecimento de vacinas quando se reunirem na próxima semana, incluindo o uso potencial de poderes legais de emergência para assumir efetivamente o controle da produção e distribuição, segundo a mídia.

Produção e distribuição

– A produção e distribuição de vacinas na UE devem ter uma prioridade, e também quero discutir todo esse quadro com os chefes de Estado e de governo. Se a situação não mudar, teremos que refletir sobre como tornar as exportações para países produtores de vacinas dependentes de seu nível de abertura. Vamos refletir se as exportações para países que têm taxas de vacinação mais altas do que nós ainda são proporcionais – disse a presidente.

A UE culpou a AstraZeneca por não cumprir seus compromissos de entrega e considera isso particularmente irritante quando observam a implementação da vacinação no Reino Unido. Vacinação essa que recebe, em parte, suprimentos vindos da UE, segundo a mídia.

A União Europeia já administrou 11 doses por 100 pessoas, em comparação a 33 doses nos EUA e 39 doses no Reino Unido, de acordo com o Bloomberg Vaccine Tracker.