Universidade do Colorado aumenta previsão de furacões para 2024

Arquivado em: América do Norte, Destaque do Dia, Meio Ambiente, Mundo, Natureza, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 10 de julho de 2024 as 11:27, por: CdB

Na previsão da CSU, os meteorologistas disseram esperar seis grandes furacões, com ventos acima de 170 quilômetros por hora (km/h), em um total de 12 furacões e 25 tempestades previstas até o fim da temporada, em 30 de novembro.

Por Redação, com Reuters – de Houston

Meteorologistas da Universidade do Estado do Colorado (CSU, em inglês) aumentaram a quantidade de furacões previstos para 2024.

São esperados seis grandes fenômenos, com ventos acima de 170 km/h

“O Beryl, um furacão tropical profundo categoria 5, é provável prenúncio de temporada hiperativa”, segundo a previsão divulgada na terça-feira.

Ao menos 14 mortes foram atribuídas ao Furacão Beryl, que devastou Granada e Jamaica, no Caribe, antes de atravessar a península de Yucatán, no México, e se dirigir ao norte para atingir o Texas na segunda-feira, interrompendo a energia elétrica de milhões de pessoas e fechando grandes portos de petróleo.

Na previsão da CSU, os meteorologistas disseram esperar seis grandes furacões, com ventos acima de 170 quilômetros por hora (km/h), em um total de 12 furacões e 25 tempestades previstas até o fim da temporada, em 30 de novembro.

Em previsão divulgada em 13 de abril, a equipe da universidade havia projetado cinco grandes furacões.

Tempestade tropical

Uma tempestade tropical tem ventos sustentados de 63 km/h e torna-se um furacão quando esses ventos chegam a 119 km/h. Um furacão categoria 5 tem ventos sustentados de pelo menos 252 km/h.

Uma temporada média de furacões produz 14 tempestades, das quais sete chegam a furacões e três tornam-se grandes ciclones.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *