Universidade sai em defesa da democracia e do Estado de direito

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado sábado, 26 de março de 2016 as 15:16, por: CdB

A Associação de Pós-Graduandos da PUC-Rio e os membros da comunidade PUC-Rio divulgaram, neste sábado, documento no qual repudiam a tentativa de golpe, em curso no país

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

“Nos últimos dias um grave clima de instabilidade tomou nosso país a partir de uma série de ações inconvenientes, como a desnecessária condução coercitiva de um ex-presidente e a publicação das conversas telefônicas da atual presidência da república”. A afirmação consta do abaixo-assinado que a Associação de Pós-Graduandos da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) divulgou, contra a tentativa de golpe em curso, no país.

Segundo o cientista político Theófilo Rodrigues (ao microfone), a comunidade acadêmica encontra-se em vigília contra a tentativa de golpe, em curso
Segundo o cientista político Theófilo Rodrigues (ao microfone), a comunidade acadêmica encontra-se em vigília contra a tentativa de golpe, em curso

Segundo o cientista política Theófilo Rodrigues, um dos signatários do documento, o qual reúne estudantes e pesquisadores, “a universidade não pode aceitar o desrespeito à Constituição e ao Estado de Direito. Os pesquisadores da PUC-Rio estão atentos, preocupados e mobilizados pela democracia”.

Leia, adiante, a íntegra do manifesto:

A Associação de Pós-Graduandos da PUC-Rio e os membros da comunidade PUC-Rio abaixo assinados assistem com preocupação tal situação.

Defendemos o respeito à democracia que tanto demoramos para construir e que ainda se consolida em nosso país.

Acreditamos que as manifestações pacíficas da sociedade civil e o equilibrado debate político fortalecem nossa cidadania.

Contudo, entendemos que atalhos institucionais como a aprovação de um impeachment sem que haja motivos legais para tanto, enfraquecem o sistema democrático.

O Brasil já viveu momentos como esse em 1954 e 1964.

Esperamos que no início do século XXI não tenhamos mais que conviver com tais aventuras insensatas.

A alternância do poder deve ocorrer por meio de eleições, caso seja esta a vontade majoritária.

Outros instrumentos como o recall podem ser adotados, via reforma política popular.

Encurtar o mandato de uma Presidenta eleita, sem que exista qualquer materialidade para uma medida tão drástica como o impeachment, significa atropelar o principal instrumento de exercício da democracia representativa, que é o voto popular.

Rio de Janeiro, 22 de março de 2016

Assinam os seguintes membros da comunidade PUC-Rio:

Amanda Cataldo Tilio (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Ana Carolina Canegal (Doutoranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Ana Carolina Mattoso (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Ana Carolina Radd (Doutoranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Ana Paula Moritz (Mestranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Antonia de Thuin (Doutoranda em Literatura, Cultura e Contemporaneidade, PUC Rio)
Beatriz Brandão (Doutoranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Caíque Bellato (Doutorando em Ciências Sociais PUC Rio)
Carlos Vinícius S.Taveira (Doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneida,PUC Rio)
Clara Willemsens (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Elaine Rodrigues Perdigão (Doutora em Ciências Sociais pela PUC Rio)
Flavia Abido Alves (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Francicleo Castro Ramos (Mestre em Ciências Sociais pela PUC-Rio)
Francisco Thiago Camêlo da Silva (Mestrando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade, PUC-Rio)
Gabriel Calil Maia Tardelli (Mestrando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Joice de Souza Santos ( Doutoranda em História PUC-Rio)
Jonas Araujo (Mestrando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Julia Ventura (Doutoranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Leonardo Puglia (Doutorando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Leonardo Vilardi (Doutorando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Lucas Machado dos Santos (Doutorando em História PUC-Rio)
Luiz Fernando Moncau (Mestrando em Direito PUC-Rio)
Marcelo Viana Estevão de Moraes (Doutorando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Maria Cristina Amorim Parga Martins (Mestranda em Literatura, Cultura e Contemporaneidade PUC-Rio)
Mariana Junqueira Camasmie (Mestranda em Ciências Sociais PUC -Rio)
Marilson Santana (Doutorando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Marina Schneider (Mestranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Marta Maia (Doutoranda em Educação PUC-Rio)
Olga Furtado Swiech (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Pablo Mattos (Doutorando em História PUC-Rio)
Paula Alegria Bento (Mestre em Ciências Sociais pela PUC-Rio)
Pedro Fernandes (Mestrando em Direito PUC-Rio)
Pedro Henrique Torres (Doutorando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Priscilla Silva (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Priscila Sobrinho de Oliveira (Mestranda em História PUC-Rio
Rafaelle Castro (Doutoranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Raissa de Góes (Doutoranda em Literatura, Cultura e Contemporaneidade, PUC Rio)
Ramon Gilaberte Ramos ( Mestrando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade, PUC-Rio)
Raquel Dias (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Rebeca Freitas (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Rodolfo Assis (Mestrando em Direito PUC-Rio)
Rodrigo Abreu (Mestrando em Direito PUC-Rio)
Silvia Follain (Mestranda em Direito PUC-Rio)
Sarah Laurindo Monteiro (Mestranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Taisa Sanches (Doutoranda em Ciências Sociais PUC-Rio)
Theófilo Rodrigues (Doutorando em Ciências Sociais PUC-Rio)
Yasmin Curzi (Mestranda em Ciências Sociais PUC-Rio)