Valencia repudia torcedores por saudações nazistas e gestos racistas

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 3 de maio de 2019 as 13:13, por: CdB

A Uefa, instituição que governa o futebol europeu, disse estar no processo de analisar relatos do jogo.

Por Redação, com Reuters – de Barcelona

O Valencia criticou um pequeno número de seus próprios torcedores que pareceram fazer saudações nazistas e imitações de macaco contra torcedores do Arsenal durante a partida de ida da semifinal da Liga Europa no estádio Emirates, na quinta-feira.

Torcedores do Valencia no estádio Emirates

O Arsenal derrotou por 3 a 1 o time espanhol, que está tentando identificar os torcedores envolvidos no incidente.

– O Valencia condena publicamente e expressa sua rejeição mais firme e tolerância zero, como sempre fez, como os gestos isolados de pessoas no setor de visitantes, que evidentemente não representam os torcedores do Valencia – disse o clube da liga espanhola em um comunicado nesta sexta-feira.

A Uefa, instituição que governa o futebol europeu, disse estar no processo de analisar relatos do jogo.

– Estes gestos racistas ostensivos são chocantes e indesculpáveis – disse o grupo britânico antidiscriminação Kick It Out em um comunicado.

– Esperamos que as autoridades relevantes identifiquem os perpetradores e apliquem a punição mais forte possível. Não há lugar para nenhuma forma de discriminação no futebol ou na sociedade.

Chelsea e Eintrancht Frankfurt

Eintracht Frankfurt e Chelsea empataram por 1 a 1 na quinta-feira, na primeira partida das semifinais da Liga Europa, com Pedro marcando pouco antes do intervalo um gol fora de casa que pode ser crucial para o time de Londres.

O sérvio Luka Jovic havia colocado os mandantes à frente aos 23 minutos do primeiro tempo, desviando de cabeça um cruzamento de seu compatriota Filip Kostic, em lance em que o goleiro Kepa Arrizabalaga se esticou, mas não conseguiu defender.

Este foi o nono gol do jogador de 21 anos na competição, e seu 26º na temporada.

Ambos os times estão em quarto lugar em seus campeonatos locais, com a Liga Europa oferecendo uma rota alternativa para que alcancem a Liga dos Campeões da próxima temporada.

O técnico do Chelsea, Maurizio Sarri, manteve Eden Hazard no banco de reservas até os 17 minutos do segundo tempo, preferindo poupar o belga para os importantes jogos finais do Campeonato Inglês, contra Watford e Leicester City.

Xavi anuncia que se aposentará

Xavi Hernández, ex-meio-campista do Barcelona e da Espanha, se aposentará no final da temporada para se tornar técnico, encerrando uma carreira de duas décadas rica em troféus.

Xavi, que estabeleceu um recorde com suas 767 atuações pelo Barça e 133 pela seleção, confirmou seus planos de aposentadoria em uma carta aberta enviada a membros da mídia espanhola nesta quinta-feira.

– Esta é minha última temporada como jogador, mas estou ansioso para ver o que o futuro me reserva como técnico – escreveu Xavi, que joga no time Al Sadd, do Catar, desde que deixou o Barcelona em 2015.

– Foi um privilégio jogar futebol até os 39 anos de idade, e agora gostaria de encerrar a temporada em alta conquistando a Copa do Emir do Catar e chegando à próxima fase da Liga dos Campeões da AFC.

Xavi estreou no Barça em 1998, vindo da famosa academia La Masia do time, e logo se tornou o coração de seu meio de campo, vencendo oito títulos espanhóis e quatro títulos da Liga dos Campeões antes de migrar para o Al Sadd.

Ele foi um dos jogadores essenciais para a Espanha conquistar sua primeira e única Copa do Mundo, em 2010, além dos triunfos na Euro de 2008 e 2012, mas se aposentou da seleção depois de um Mundial decepcionante em 2014.

No mês passado, ele ajudou o Al Sadd a vencer a Qatar Stars League, a primeira divisão do país, e chegar às quartas de final da Copa do Emir do Catar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *