Vândalos atacam embaixada do Brasil na Alemanha

Arquivado em: América Latina, Europa, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 as 10:23, por: CdB

Encapuzados quebram janelas e lançam tinta rosa contra prédio, no segundo ato de vandalismo contra edifício em menos de um mês. Polícia investiga se há motivação política.

Por Redação, com DW – de Berlim

Um grupo de indivíduos encapuzados quebrou vidraças e lançou tinta contra a fachada da embaixada do Brasil em Berlim no início da manhã desta sexta-feira.


Fachada da embaixada brasileira em Berlim amanheceu coberta de tinta

A polícia informou que por volta de 1h guardas de segurança alarmaram a polícia, relatando que ao menos quatro pessoas participaram da ação. Elas golpearam os vidros com objetos de ferro e pintaram a fachada com tinta rosa, provavelmente com ajuda de um extintor. Tinta preta também foi lançada contra uma das laterais do prédio.

Manchas e respingos também podiam ser vistos em outras áreas da entrada da embaixada, como no chão, em ao menos uma das colunas frontais e numa caixa metálica para depósito de correspondência.

Ainda conforme a polícia, o ataque deixou 16 janelas quebradas. Na manhã desta sexta-feira um carro da polícia foi visto diante da embaixada. Funcionários a embaixada se recusaram a dar informações à imprensa.

Os danos materiais podem chegar a 100 mil euros, afirmou o jornal local Berliner Zeitung.

– A Embaixada do Brasil em Berlim foi alvo de ato de vandalismo. As autoridades policiais foram imediatamente contatadas e estão investigando o ocorrido – diz o curto comunicado publicado pela representação diplomática em sua página na Internet.

A investigação do caso foi assumida pela Staatsschutz de Berlim, órgão encarregado de investigar delitos de motivação política.

Também será investigado se existe conexão com um ataque à sede berlinense da empresa varejista Amazon, também alvo de vandalismo, por meio de pedras e tinta, na mesma madrugada.

Esta é a segunda vez em menos de um mês que a representação brasileira é alvo de vandalismo. No dia 5 de janeiro, as vidraças do andar térreo do prédio amanheceram pichadas com os dizeres “Lutaremos contra o fascismo no Brasil” em letras brancas. A fachada, o piso externo e colunas externas do edifício também foram pintadas com tinta vermelha.

Segundo reportagens veiculadas na mídia brasileira, fotografias do prédio circularam em grupos de Whatsapp, indicando que a pichação fora feita durante a madrugada de sexta-feira para sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *