Vidal e Bernat se recuperam a tempo para jogo do Bayern contra o Sevilla

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 2 de abril de 2018 as 14:12, por: CdB

Seu histórico recente na Espanha, porém, é ruim, o clube perdeu suas cinco últimas partidas no país e foi eliminado da competição por um time espanhol nas quatro últimas temporadas

Por Redação, com Reuters – de Berlim:

O Bayern de Munique incluiu Arturo Vidal e Juan Bernat em sua relação de jogadores para a partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões contra o Sevilla, fora de casa, na terça-feira, depois que ambos foram aprovados nos últimos testes físicos.

Vidal e Bernat se recuperam a tempo para jogo do Bayern contra o Sevilla

O meio-campista Vidal e o lateral Bernat não atuaram na goleada de 6 a 0 sobre o Borussia Dortmund no sábado devido a lesões leves, quando o time bávaro ficou a uma vitória do sexto título alemão consecutivo com seis jogos por disputar.

– Eles treinaram no domingo e se declararam em forma para o Sevilla – informou o time antes da viagem nesta segunda-feira rumo à Espanha.

O técnico Jupp Heynckes terá o luxo de escolher jogadores de um elenco quase completo, exceções feitas ao goleiro Manuel Neuer, que machucou o pé, e ao atacante Kingsley Coman, que está afastado desde fevereiro por culpa de um problema no tornozelo.

– Agora chegam as semanas para as quais nos preparamos na pré-temporada – disse Thomas Mueller aos repórteres. “Tudo está em jogo em abril, e esperamos continuar na competição tanto quanto possível”.

– Sabemos o que nos espera em Sevilla e estamos conscientes do desafio. Mas queremos avançar.

Histórico

Seu histórico recente na Espanha, porém, é ruim, o clube perdeu suas cinco últimas partidas no país; e foi eliminado da competição por um time espanhol nas quatro últimas temporadas.

Além disso, o Sevilla está invicto em seus 11 jogos em casa contra times alemães.

– Precisamos marcar gols, especialmente no campo deles – disse Arjen Robben, meia do Bayern. “Será um jogo intenso. Eles são muito fortes em casa e os torcedores deles deixarão o clima quente. Precisamos dar nosso melhor”.

O time alemão, que busca uma trinca de títulos e venceu a Liga dos Campeões pela última vez em 2013; receberá o Sevilla em Munique na partida de volta na semana que vem.

Juventus

O técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, terá que reformular seu time novamente para a visita do Real Madrid na terça-feira; mas os desfalques não devem ser motivo de preocupação para um dos maiores mestres táticos do futebol europeu.

Em menos de quatro temporadas com a Juve, Allegri; que não poderá contar com o zagueiro Medhi Benatia e com o meio-campista Miralem Pjanic; ambos suspensos, mostrou ter um talento incomum para mudar formações entre; e muitas vezes durante, as partidas.

A Juventus, que recebe o Real na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões; conquistou três títulos consecutivos do Campeonato Italiano e; dois da Copa Itália e disputou duas finais da Liga dos Campeões graças à liderança pragmática de Allegri.

 Durante esse período, o treinador conseguiu reformular seu time várias e bem-sucedidas vezes; após a perda de jogadores cruciais como Andrea Pirlo, Arturo Vidal, Carlos Tévez, Paul Pogba e Leonardo Bonucci.
 
A saída de Bonucci no final da temporada passada desmontou a defesa formidável conhecida como BBC; completada por Giorgio Chiellini e Andrea Barzagli. Mas o zagueiro marroquino Benatia brilhou em seu lugar e a defesa continua rígida como antes; tendo concedido somente um gol na liga italiana desde o início do ano.

Nos últimos meses Allegri usou as formações 3-5-2, 4-2-3-1, 4-3-3 e 4-1-4-1, e todas se mostraram eficientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *