Vítimas de atropelamento em Copacabana passarão por cirurgia

Arquivado em: Destaque do Dia, Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado sábado, 20 de janeiro de 2018 as 11:50, por: CdB

O paciente mais grave continua sendo o australiano Daniel Marcos Philips, de 68 anos, que mora no Brasil há 20 anos e também foi atingido no calçadão

Por Redação, com ABr – do Rio de Janeiro:

Estão marcadas para a próxima segunda-feira as cirurgias ortopédicas de quatro das 17 vítimas do atropelamento na Praia de Copacabana, na noite de quinta-feira, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na manhã deste sábado.

Estão marcadas para a próxima segunda-feira as cirurgias ortopédicas de quatro das 17 vítimas do atropelamento na Praia de Copacabana

Nesta tarde, foi enterrada a bebê de 8 meses, que não resistiu aos ferimentos. A cerimônia será no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul da cidade do Rio.

Segundo a Secretaria de Saúde, cinco vítimas permanecem internadas no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na Zona Sul. Entre elas, uma criança de 7 anos, em estado estável.

O paciente mais grave

O paciente mais grave continua sendo o australiano Daniel Marcos Philips, de 68 anos, que mora no Brasil há 20 anos e também foi atingido no calçadão. Ele está na UTI do Miguel Couto e respira com auxílio de aparelhos. Ele foi reconhecido por amigos na sexta-feira.

Mais três pessoas estão no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Uma delas precisa ser transferida para hospital de alta complexidade em ortopedia, para fazer cirurgia, sem data prevista ainda. As demais operaram na sexta e se recuperam bem, incluindo um turista argentino de 61 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *