Vitória inequívoca deixa Sanders na dianteira pela disputa democrata

Arquivado em: América do Norte, Manchete, Mundo, Últimas Notícias
Publicado domingo, 23 de fevereiro de 2020 as 11:30, por: CdB

Senador progressista venceu com ampla margem após contagem dos votos. Ex-vice-presidente Joe Biden obtém segundo lugar, dando sobrevida à sua campanha à Casa Branca após fracasso em duas primárias seguidas.

Por Redação, com DW – de Washington

Progressista Bernie Sanders obteve uma vitória decisiva na primária do estado de Nevada, que pode consolidar sua liderança em direção à nomeação democrata para enfrentar o presidente norte-americano, Donald Trump, na eleição de novembro.

“Reunimos uma coalizão que não apenas vencerá em Nevada, mas também varrerá o país”, disse Sanders

Após a contagem dos votos, Sanders liderava com ampla margem, com 46,6%, segundo informações divulgadas neste domingo pela emissora CNN e os jornais The New York Times e The Washington Post. O ex-vice-presidente dos EUA Joe Biden vinha distante, em segundo lugar, com apenas 19,2%.

O ex-prefeito Pete Buttigieg, obteve 15,4%, enquanto a senadora Elizabeth Warren, 10,3%. A senadora Amy Klobuchar e o bilionário ativista Tom Steyer conseguiram em torno de 4% dos votos. Ainda não haviam sido divulgados dados oficiais da votação pelo Partido Democrata.

Sanders, de 78 anos, que chama a si mesmo de “democrata socialista”, defende políticas progressistas, incluindo assistência médica universal, aumento de taxação sobre riqueza e corporações e do salário mínimo.

Com a vitória confirmada nesta que foi a terceira votação interna do Partido Democrata para definir seu representante na corrida à Casa Branca, após as prévias de Iowa e New Hampshire, o senador do Estado de Vermont aumenta sua vantagem antes das prévias da chamada “Super Terça-feira” agendadas para 3 de março, dia em que 14 Estados votam simultaneamente.

O bom desempenho

O bom desempenho de Sanders em Nevada foi impulsionado por votos de uma parcela diversificada de eleitores jovens e de meia-idade, latinos, sindicalistas e mulheres brancas com formação superior, de acordo com a agência Edison Research, mostrando sinais de que há uma expansão do apoio à sua candidatura para além do seus núcleo de apoiadores de longa data.

– Reunimos uma coalizão multigeracional e multirracial que não apenas vencerá em Nevada, mas também varrerá o país – disse Sanders a uma multidão de apoiadores em San Antonio, Texas.

O ex-vice-presidente Biden pareceu ter conseguido um resultado satisfatório, urgentemente necessário para sua candidatura após performances ruins nas duas primeiras primárias, em Iowa e New Hampshire.

– A imprensa está pronta para declarar as pessoas mortas rapidamente, mas estamos vivos e voltamos e vamos vencer – disse Biden na noite de sábado a uma plateia de apoiadores em Las Vegas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *