Vôlei: brasileiras têm vitória apertada contra dominicanas

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado terça-feira, 27 de julho de 2021 as 13:09, por: CdB

 

As meninas do vôlei brasileiro conseguiram uma vitória apertada contra a República Dominicana em sua segunda partida dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020: 3 sets a 2. As brasileiras perderam o primeiro set (por 22 a 25) e venceram os dois seguintes (25 a 17 e 25 a 13), sendo derrotadas novamente no quarto set (23 a 25).

Por Redação, com ABr – de Tóquio

As meninas do vôlei brasileiro conseguiram uma vitória apertada contra a República Dominicana em sua segunda partida dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020: 3 sets a 2. As brasileiras perderam o primeiro set (por 22 a 25) e venceram os dois seguintes (25 a 17 e 25 a 13), sendo derrotadas novamente no quarto set (23 a 25).

Jogo decidido no tie-break, por 15 a 12

O jogo foi decidido duas horas e meia depois no tie-break, por 15 a 12. Com isso, o Brasil garantiu seis pontos e o segundo lugar no grupo A da primeira fase.

As brasileiras estão atrás das sérvias, que também têm duas vitórias mas que não perderam nenhum set na competição.

Na primeira partida, o Brasil ganhou da Coreia do Sul por 3 a 0. Os próximos adversários são Japão (nesta quinta-feira), Sérvia (no sábado,) e Quênia no dia 2 de agosto. Classificam-se para as quartas de final as quatro melhores seleções de cada um dos dois grupos.

Evandro e Bruno Schmidt

Os brasileiros Evandro e Bruno Schmidt permanecem invictos na Olimpíada de Tóquio. Eles venceram na madrugada desta terça-feira os marroquinos Mohammed Abicha e Zouheir Elgraoui por 2 sets a 0 na segunda rodada do Grupo E do vôlei de praia. Disputada no Parque Shiokaze, na capital Tóquio, a partida terminou com parciais de 21/14 e 21/16.

O próximo desafio dos brasileiros serão os poloneses Michal Bryl e Grzegorz Fijalek, na próxima sexta-feira, às 9h (horário de Brasília). O duelo também vai ocorrer no Shiokaze Parque.

No masculino, as disputas do vôlei de praia dos Jogos de Tóquio envolvem 24 duplas divididas em seis grupos de quatro times. Os dois primeiros de cada chave, e os dois melhores terceiros colocados, seguem para as oitavas de final. Os quatro piores terceiros colocados terão a possibilidade de disputar uma repescagem, que dará a vaga para mais duas duplas nas oitavas de final.

O jogo

A vantagem no início do primeiro set (6 a 1), deu ao Brasil uma certa segurança. Apesar de algumas falhas, a dupla brasileira saiu vitoriosa com o placar de sete pontos de diferença (21/14).

A segunda etapa foi mais apertada. O equilíbrio se manteve até o placar de 11 a 11. Na sequência, os brasileiros começaram a impor o ritmo, e conseguiram fechar o marcador por 21 a 16.

Estreia com vitória

Na estreia dos Jogos, Evandro e Bruno Schmidt venceram os irmãos chilenos Esteban Grimalt e Marco Grimalt por 2 a 1. A partida terminou com parciais de 21/16, 16/21 e 15/12, no Parque Shiozake.

Ágatha e Duda perdem para as chinesas

As brasileiras Ágatha e Duda sofreram a primeira derrota nesta terça-feira na segunda rodada da Olimpíada de Tóquio. No Grupo C, a dupla sofreu revés por 2 sets a 0 (21/18 e 21/14) para as chinesas Wang e Xia no Parque Shiokaze, na capital Tóquio.

Com vitória na estreia contra as argentinas Ana Gallay e Fernanda Pereyra por 2 sets a 0 (21/19 e 21/11), Ágatha e Duda vão buscar classificação para as oitavas de final no terceiro e último jogo da fase preliminar. A disputa será com as canadenses Brandie Wilkerson e Heather Bansley no Parque de Shiokaze. A dupla brasileira entrará em quadra às 9h (horário de Brasília), nesta quinta-feira que vem.

No feminino, as disputas do vôlei de praia dos Jogos de Tóquio envolvem 24 duplas divididas em seis grupos de quatro times. Os dois primeiros de cada chave, e os dois melhores terceiros colocados, seguem para as oitavas de final. Os quatro piores terceiros colocados terão a possibilidade de disputar uma repescagem, que dará a vaga para mais duas duplas nas oitavas de final.

No primeiro set, a dupla brasileira disputou de maneira acirrada até o placar marcar 13 a 13. Foi neste momento que as chinesas conseguiram abrir vantagem de dois pontos 15 a 13. Na sequência, Wang e Xia cresceram no jogo, fechando a parcial em 21 a 18.

Na segunda etapa, o time asiático abriu vantagem de 3 a 0, mas as brasileiras não se abateram e conseguiram virar o marcador por 4 a 3, com quatro pontos consecutivos. A partir daí, o equilíbrio foi predominante até o 10 a 10. Entretanto, em seguida, as chinesas descolaram das brasileiras fazendo 15 a 10. Até o final do duelo, Wang e Xia deslancharam e bateram Ágatha e Duda por 21 a 14.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code