Volta de alunos às aulas provoca alívio e medo em Portugal

Arquivado em: Destaque do Dia, Europa, Mundo, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 14 de setembro de 2020 as 13:18, por: CdB

Usando máscaras e tentando manter uma distância segura, mais de 1 milhão de alunos de Portugal voltaram às escolas nesta segunda-feira, um momento muito aguardado por muitos desde que os estudantes foram forçados a estudar remotamente a partir de março por causa da pandemia de coronavírus.

Por Redação, com Reuters – de Lisboa

Usando máscaras e tentando manter uma distância segura, mais de 1 milhão de alunos de Portugal voltaram às escolas nesta segunda-feira, um momento muito aguardado por muitos desde que os estudantes foram forçados a estudar remotamente a partir de março por causa da pandemia de coronavírus.

Estudantes com máscaras de proteção durante aula em escola de Lisboa
Estudantes com máscaras de proteção durante aula em escola de Lisboa

Na escola de segundo grau Maria Amalia, adolescentes lisboetas foram chamados à sala de aula um por um e instruídos a desinfectar as mãos, e as janelas foram mantidas abertas.

Ao lado do filho enquanto esperavam do lado de fora, Alexandra Borges disse que teme o surgimento de novas infecções na escola, mas que retomar o ensino presencial é essencial para alunos de todas as idades, inclusive seu filho, Pedro, que levou álcool gel na mochila.

– Foi um pouco duro, porque tenho um filho com necessidades especiais, o que torna as coisas ainda mais complicadas – disse ela a respeito do período de aulas em casa. “Várias crianças ficaram deprimidas, cheias de vontade de voltar à escola.”

Escolas

Portugal ordenou que escolas, jardins de infância e universidades fechassem em meados de março, quando um isolamento foi imposto para combater a disseminação do coronavírus. As aulas passaram a ser virtuais ou substituídas por transmissões de várias matérias pela televisão.

– Foi duro para todos, porque de repente, sem que o esperássemos, tivemos que ficar em casa – opinou Fatima Lopes, diretora da Maria Amalia.

– Todos nós estamos tentando fazer melhor. Duvido que possamos fazê-lo de forma exemplar desde o início.

O número de infecções diárias aumentou em Portugal desde o fim do isolamento, e agora está próximo dos níveis vistos pela última vez em abril.