Volta parcial dos torcedores ao estádios é injusta, diz técnico do Leeds United

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 27 de novembro de 2020 as 12:00, por: CdB

O técnico do Leeds United, Marcelo Bielsa, disse que não se deveria permitir a volta dos torcedores aos estádios que sediam jogos do Campeonato Inglês até todos os times terem concordado com a medida.

Por Redação, com Reuters – de Londres

O técnico do Leeds United, Marcelo Bielsa, disse que não se deveria permitir a volta dos torcedores aos estádios que sediam jogos do Campeonato Inglês até todos os times terem concordado com a medida.

Marcelo Bielsa durante partida do Leeds United contra o Arsenal pelo Campeonato Inglês
Marcelo Bielsa durante partida do Leeds United contra o Arsenal pelo Campeonato Inglês

Como um lockdown nacional adotado para conter a propagação do novo coronavírus deve terminar no dia 2 de dezembro, o governo disse que até 4 mil torcedores poderão comparecer a eventos de esportes de elite ao ar livre nas áreas de alerta médio da Inglaterra.

Os clubes de Londres e Liverpool

Os clubes de Londres e Liverpool poderão receber até 2 mil torcedores por estarem na zona de alerta elevado de nível 2, mas os times de Manchester e também Leeds, que estão classificados na zona de alerta muito elevado de nível 4, terão que esperar mais.

– Talvez poderia haver uma regra que afirme que, se os torcedores não são aceitos em todos os estádios, simplesmente não deveriam ser aceitos até todos poderem recebê-los – disse Bielsa, cujo time viaja para visitar o Everton no sábado, aos repórteres.

– Não deveria se tratar da categoria, ou das consequências de se estar em uma categoria, deveria se tratar de tentar manter a competição a mais igualitária possível com coisas que são controláveis.

– A presença dos torcedores tem um efeito nos resultados. O que a organização diz que são pessoas que são de lugares onde existe um risco maior de infecção serão penalizadas – afirmou.