Zagueiro equatoriano diz que ganhar do Brasil não tem preço

Arquivado em: Arquivo CDB
Publicado quarta-feira, 17 de novembro de 2004 as 11:29, por: CdB

Os jogadores do Equador esperam ganhar da seleção brasileira pela segunda vez nas eliminatórias da Copa do Mundo quando os dois times se enfrentarem, em Quito, nesta quarta-feira.

Há três anos, pelo torneio qualificatório para o Mundial de 2002, os equatorianos bateram os brasileiros por 1 x 0, também na capital do Equador, a mais de 2.800 metros acima do nível do mar.

– Foi uma partida especial – disse o experiente zagueiro Iván Hurtado.

– Lembro da alegria do povo festejando. Ganhar do Brasil não tem preço – disse ainda.

O Brasil está em Quayaquil e chegará a Quito cerca de quatro horas antes do confronto para diminuir os efeitos da altitude.

 – Para não sentir muito a altitude temos que manter a bola. Isso será fundamental. Se não o fizermos, nos cansaremos muito rápido – disse o atacante Ronaldo.

– Já tivemos dificuldades para ganhar no Brasil. (Os equatorianos) se defenderam bem. Será uma partida complicada e espero que possamos sair com a vitória – completou.

O Brasil venceu o Equador por apenas 1 x 0, jogando em Manaus, gol de Ronaldinho Gaúcho, pelo primeiro turno das eliminatórias.