Zidane critica jogadores do Real Madrid após derrota para o Rayo

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Futebol, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 29 de abril de 2019 as 12:12, por: CdB

Zidane comandou apenas oito partidas nesta campanha, tendo retornado ao clube em março, após as demissões de Julen Lopetegui e Santiago Solari.

Por Redação, com Reuters – de Madri

O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, criticou seus jogadores por “não fazerem nada” durante a derrota por 1 a 0 para o Rayo Vallecano no domingo, que fez com que o Real sofresse sua 10ª derrota no campeonato nesta temporada.

Técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, durante partida contra o Rayo Vallecano pelo Campeonato Espanhol

Adri Embarba marcou o único gol do jogo ao converter um pênalti na metade do primeiro tempo e o Real, exceto por um gol bem anulado de Mariano por impedimento, raramente esteve perto de empatar.

– Não fizemos nada em qualquer nível, do primeiro minuto até o último – disse um furioso Zidane a jornalistas.

– Às vezes você não é capaz de marcar, mas hoje nós sequer criamos chances, não fizemos nada bem. Todos temos que estar irritados com nossa performance. Eu estou irritado porque deixamos uma imagem horrível de nós mesmos.

Foi a primeira derrota do Real diante do Rayo desde 1997. O Rayo, vizinho madrilenho bem menos glamouroso que o Real, iniciou a partida na lanterna do campeonato e, com o resultado, é a primeira vez em uma década que o Real perde 10 jogos no campeonato.

Zidane comandou apenas oito partidas nesta campanha, tendo retornado ao clube em março, após as demissões de Julen Lopetegui e Santiago Solari, e somente 10 meses depois de pedir demissão depois de conquistar três títulos seguidos da Liga dos Campeões.

Barcelona vence Bayern de Munich

O Barcelona se superou após ter uma jogadora expulsa e bateu o Bayern de Munique por 1 a 0 no domingo para chegar à final da Liga dos Campeões Feminina pela primeira vez após garantir uma vitória por 2 a 0 no placar agregado.

O Barca encontrará ou Chelsea ou Olympique de Lyon na final, que será disputada no dia 18 de Maio no Groupama Stadium, em Budapeste.

O Chelsea recebe o Lyon pela segunda partida das semi-finais ainda neste domingo e precisa superar as atuais campeãs revertendo o atual placar de 2 a 1.

O Barça, que havia conquistado uma vitória por 1 a 0 na primeira partida na Alemanha, quebrou a retranca das alemãs no final de um disputado primeiro tempo, graças à um pênalti cobrado por Mariona Caldentey depois que a capitã do Bayern Melanie Leupolz havia acertado a parte de baixo do travessão.

O técnico do Bayern, Thomas Worle, foi expulso por protestar uma decisão da arbitragem e sua equipe logo perdeu o embalo que tinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *