Coreia do Norte destaca concessões de Trump sobre exercícios militares

Arquivado em: Destaque do Dia, Mundo, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 13 de junho de 2018 as 13:41, por: CdB

Kim e Trump fizeram convites um ao outro para visitas em seus respectivos países, e ambos os líderes “aceitaram de bom grado”

Por Redação, com Reuters – de Seul:

A imprensa estatal norte-coreana elogiou nesta quarta-feira a reunião entre Kim Jong Un e Donald Trump, classificando o encontro como um sucesso estrondoso e destacando as concessões do presidente dos Estados Unidos e a perspectiva de uma nova era de paz e prosperidade na península coreana.

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un

À Agência Central Coreana de Notícias (KCNA) reportou que Trump expressou sua intenção de parar os exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul, oferecer garantias ao Norte e suspender as sanções contra o país enquanto as relações melhorarem.

O presidente dos Estados Unidos disse em entrevista coletiva na terça-feira, após sua conferência com o líder norte-coreano em Cingapura, que gostaria de suspender as sanções, mas que isso não aconteceria de maneira imediata.

Kim e Trump

Kim e Trump fizeram convites um ao outro para visitas em seus respectivos países, e ambos os líderes “aceitaram de bom grado”, informou a KCNA.

A reunião foi a primeira entre um presidente dos Estados Unidos e um líder norte-coreano e seguiu uma série de testes nucleares e de mísseis e trocas enfurecidas de insultos e ameaças entre Trump e Kim no ano passado que alimentaram temores de uma possível guerra.

– Kim Jong Un e Trump tiveram o reconhecimento mútuo de que é necessário apoiar o princípio de ações simultâneas, passo a passo, para conseguir a paz, a estabilidade e desnuclearização da península coreana – disse a KCNA.

Trump

Trump confirmou que os Estados Unidos iriam parar seus exercícios militares com a Coreia dos Sul enquanto a Coreia do Norte negociasse a desnuclearização.

– Nós não iremos fazer os jogos de guerra enquanto estamos negociando de boa fé – disse Trump ao canal Fox News em uma entrevista em Cingapura após a reunião.

– Então, isso é bom por uma série de razões, além disso economizaremos uma imensa quantia de dinheiro – disse Trump. “Você sabe, essas coisas, elas custam. Eu odeio parecer um homem de negócios, mas eu sempre dizia, quanto isso está custando?”

Falado em Pequim, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China Geng Shunang disse que esperava que todas as partes pudessem “aproveitar o momento de mudanças positivas” na península para tomar passos construtivos em direção a uma resolução política e na promoção da desnuclearização.

– Neste momento, todos já haviam visto que a Coreia do Norte havia suspendido seus testes nucleares e de mísseis, e que os Estados Unidos e a Coreia do Sul restringiram suas ações militares. Isso, de fato, acabou realizando a proposta chinesa de suspensão dupla – disse em um pronunciamento diário à imprensa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *