Brasil recebe 4,5 milhões de máscaras contra coronavírus

Arquivado em: Brasil, Destaque do Dia, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 21 de maio de 2020 as 13:42, por: CdB

O Brasil recebeu nesta quinta-feira, em Guarulhos (SP),  o sétimo voo com máscaras para auxiliar o trabalho de combate à covid-19. Foi o primeiro voo trazendo máscaras do tipo N95, mais indicado a profissionais expostos a ambientes contaminados.

Por Redação, com ABr – de Brasília

O Brasil recebeu nesta quinta-feira, em Guarulhos (SP),  o sétimo voo com máscaras para auxiliar o trabalho de combate à covid-19. Foi o primeiro voo trazendo máscaras do tipo N95, mais indicado a profissionais expostos a ambientes contaminados. O carregamento tem 4,5 milhões de unidades do produto.

Outros 40 voos vão buscar 930 toneladas de máscaras chinesas
Outros 40 voos vão buscar 930 toneladas de máscaras chinesas

As 30 toneladas que chegaram integram parte das 960 toneladas de máscaras cirúrgicas desse tipo compradas da China pelo governo federal.

As máscaras serão distribuídas pelo Ministério da Saúde visando o enfrentamento da covid-19 em todo o país. Além do porão da aeronave, a cabine foi adaptada para receber as caixas com o produto.

O Ministério da Infraestrutura é responsável pela operação especial e vai fretar mais de 40 voos para transportar a carga que corresponde a 240 milhões de máscaras. O governo federal também está apoiando Estados e prefeituras na logística e distribuição de equipamentos.

Justiça de Minas

A Justiça de Minas Gerais liberou R$ 1 bilhão, dinheiro retido pela Vale para ser utilizado pelo governo estadual durante o estado de calamidade pública provocado pela pandemia do novo coronavírus.

Pela decisão do juiz Elton Pupo Nogueira, da Segunda Vara de Fazenda Pública de Belo Horizonte, o valor deve ser empregado prioritariamente na área de saúde, embora ele tenha ressalvado que o governo poderá depois remanejar os recursos para outras finalidades, a depender da realidade a ser enfrentada.

O dinheiro retido diz respeito à condenação da Vale pelo desastre de Brumadinho (MG), em janeiro de 2019, quando o rompimento de uma barragem de rejeito de minério se rompeu, deixando 259 mortos e 11 desaparecidos.

Serviço público federal

O número de casos confirmados de covid-19 entre os servidores públicos civis federais somou 1.111 na semana de 11 a 15 de maio, divulgou na quarta-feira a Secretaria de Gestão de Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia. Segundo o órgão, 52% da força de trabalho pesquisada, o equivalente a 86,7 mil servidores, estão trabalhando em casa.

O levantamento não inclui as universidades, os institutos e as demais instituições federais de ensino, cujos dados são divulgados pelo Ministério da Educação. Excluídos os servidores da rede de ensino federal, o Poder Executivo Federal tem cerca de 600 mil servidores ativos em todo o país, mas apenas 56% das unidades administrativas, que abrangem 166.286 servidores enviaram os números ao Ministério da Economia.

Campanha

Desde 20 de março, a campanha #contecomigo #suavizeacurva, promovida pela Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal, tem divulgado dicas para os servidores públicos federais lidarem com a pandemia. O órgão fornece orientações para que os funcionários mantenham a qualidade do serviço, sem descuidarem da saúde nem do bem-estar.

O Ministério da Economia publicou, na página virtual da campanha, todas as instruções normativas sobre a gestão de pessoal durante o período de isolamento social. Foram compiladas todas as normas publicadas desde o início da pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *