Conheça as 5 melhores escolas do mundo para estudar negócios

Arquivado em: Negócios, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 3 de maio de 2021 as 12:37, por: CdB

Renomado ranking internacional desenvolvido por jornal britânico avalia cada ano quais as instituições que oferecem os melhores programas de negócios.

O ranking de educação executiva do jornal britânico Financial Times, considerado a “bíblia” do jornalismo econômico, é um dos mais respeitados do mundo. 

Alunos do mundo inteiro têm acesso à educação de forma remota

A classificação leva em conta múltiplos fatores na hora de definir quais as melhores escolas de negócios. Nesse sentido, os critérios variam entre a excelência do histórico acadêmico, exigência e tradição de ensino, diversidade de professores e atualidade dos temas desenvolvidos.

Pela relevância internacional do ranking, as instituições escolhidas são as mais procuradas pelos estudantes interessados em se destacar no mercado de trabalho e as mais respeitadas pelas maiores empresas em todo o mundo.   

Confira abaixo as cinco primeiras colocadas no ranking. 

1. IESE (Instituto de Estudios Superiores de la Empresa) 

A escola de educação executiva IESE Business School ficou por sexta vez em primeiro lugar como melhor instituição no ranking internacional criado todos os anos pelo Financial Times.

O IESE foi fundado em 1958 como uma iniciativa da Prelatura do Opus Dei, uma organização católica romana cujo objetivo principal é ajudar homens e mulheres comuns a encontrar a santidade em todas as esferas da vida. 

Se bem o IESE é tecnicamente a escola de pós-graduação em Administração de Empresas da Universidade de Navarra, as sedes do instituto espanhol estão localizadas em Barcelona e Madri, além de contar com educação à distância e representação internacional em Nova Iorque, Munique e São Paulo. 

Os programas de pós-graduação do IESE são conduzidos em inglês e em espanhol, idiomas que costumam ser avaliados no processo de admissão dos candidatos.  

Por esse motivo, antes de se candidatar a uma vaga no instituto, é recomendável fazer um curso intensivo em alguma escola de espanhol em barcelona para aperfeiçoar o conhecimento na língua e alcançar a proficiência em menos tempo, já que aprender espanhol barcelona é um fator facilitador e até mesmo decisivo no ingresso de estudantes internacionais.

Além disso, os cursos espanhol barcelona ajudam a acrescentar muito valor ao currículo e também geram um enorme desenvolvimento pessoal, já que permitem o contato com outra cultura e manter a mente aberta à diversidade. Para mais informações, acesse o site https://www.expanish.com/pt/escola-barcelona//.

2. HEC Paris (École des hautes études commerciales de Paris)

A HEC Paris foi fundada em 1881 e desde então foi ganhando reconhecimento internacional até ser considerada uma das melhores escolas de negócios do mundo – e a mais prestigiada da França – operando com um forte senso de comunidade e comprometimento com a diversidade, além de uma alta reputação acadêmica, com uma linha bem exigente quanto à aprendizagem.

As formações são diversas e com enfoques muito variados, como marketing, finanças, sustentabilidade e direito. Além disso, a instituição também oferece aulas intensivas de francês, cursos online, aulas particulares e cursos preparatórios de verão. 

3. ESSEC Business School (École Supérieure des Sciences Économiques et Commerciales)

A ESSEC foi fundada em Paris em 1907 pelos jesuítas do Instituto Católico de Paris, e está classificada – junto com a HEC Paris – como uma das principais escolas de negócios da França.

Desde 1975, a ESSEC oferece uma ampla gama de cursos gerais e especializados voltados para a área de negócios em todas as etapas do aprendizado.

4. IMD (International Institute for Management Development)

O campus da IMD está localizado na cidade de Laussane, na Suiça. A escola foi fundada em 1990 a partir da fusão de dois centros independentes de educação executiva (IMI e IMEDE), e foi acumulando prestígio, força e influência até se tornar uma das escolas de educação executiva mais importantes do mundo. 

A IMD possui uma abordagem pedagógica diferenciada, com um corpo docente multidisciplinar de 50 membros de 22 países com muita experiência no setor de negócios, orientado a despertar nos alunos a paixão pela liderança e a motivação por causar impactos positivos. A IMD busca pioneirismo quando o assunto é sustentabilidade.

5. Harvard Business School

Quem se pensa em universidade de excelência o primeiro nome que vem à cabeça é Harvard. A instituição formou oito presidentes dos Estados Unidos e mais de 70 ganhadores do prêmio Nobel. 

A prestigiosa universidade lançou, em 1908, sua escola de negócios, a Harvard Business School, que no começo fazia parte da Faculdade de Humanidades, mas finalmente recebeu o status de independente em 1913.  

O objetivo da instituição é fazer com que os formandos conquistem carreiras de sucesso e sejam reconhecidos pelo mercado. O resultado se reflete nos altos percentuais de contratação de seus alunos após a conclusão dos estudos.  

Por que estudar negócios em uma instituição internacional?

Com o mundo dos negócios cada vez mais disputado, a educação executiva é uma estratégia fundamental de avanço empresarial e um passo valioso para se diferenciar do mercado e conseguir empregos de alto nível. 

Nesse sentido, as escolas de negócios proporcionam o ambiente fértil para a combinação de ideias e o desenvolvimento de competências. Os programas de pós-graduação em negócios estão projetados para complementar a formação universitária, desenvolvendo habilidades de gerenciamento para ajudar estudantes e profissionais a conseguir oportunidades gratificantes e lucrativas nas suas futuras carreiras de negócios.

Apesar de que o investimento é volumoso e os estudantes devem ficar entre um ano e meio e dois anos afastados do mercado de trabalho, os programas de pós-graduação em negócios conseguem proporcionar experiência internacional e facilitar a criação de vínculos para estabelecer uma rede de contatos coesa e próxima que abre as portas para numerosas oportunidades. 

Dependendo da instituição escolhida, os programas de pós-graduação voltados para as áreas de negócios possuem opções de especializações em diversas áreas como gestão, finanças, empreendedorismo, tecnologia, recursos humanos, ou marketing. 

Em todos os casos predomina a mesma metodologia: o aluno deve assistir às aulas, participar das práticas e ir bem nas avaliações. No decorrer do curso, também são consideradas para a composição da média certas habilidades como a resiliência, empatia e capacidade de comunicação (conversação, escritura e leitura), frequentemente denominadas soft skills.

Para concorrer a uma vaga para fazer um programa de negócios em algumas das melhores escolas de negócios, como as mencionadas nesse artigo, é necessário contar com um diploma de licenciatura e experiência profissional pós-universitária em funções de gerenciamento. A classificação da classe e os prêmios acadêmicos também são fatores levados em consideração, e uma carta de recomendação é desejável.