Conselheiro dos EUA incita Brasil a banir Huawei da disputa por 5G

Arquivado em: Política, Tecnologia, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 6 de agosto de 2021 as 16:42, por: CdB

Na véspera, Sullivan encontrou-se com presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), no Palácio do Planalto. Sullivan também se encontrou com os governadores dos Estados do Pará, Amazonas e Rondônia para debater seus planos e estratégias de combate à mudança climática, ao desmatamento e à mineração ilegal.

Por Redação – de Brasília

Conselheiro de Segurança norte-americano, o advogado democrata Jake Sullivan permanecia no Brasil, nesta sexta-feira, em uma série de contatos com autoridades locais. Em reunião com ministro da Defesa, Sullivan disse que o país pode ser parceiro da Aliança Atlântica, mas precisaria para isso desabilitar qualquer tecnologia chinesa, principalmente a Huawei, líder no segmento digital com o 5G.

EUA,chineses,5G
O conselheiro norte-americana Sullivan desembarca no Palácio do Planalto, para encontro com Bolsonaro

Na véspera, Sullivan encontrou-se com presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), no Palácio do Planalto. Sullivan também se encontrou com os governadores dos Estados do Pará, Amazonas e Rondônia para debater seus planos e estratégias de combate à mudança climática, ao desmatamento e à mineração ilegal; além da proteção aos direitos indígenas.

De acordo com um comunicado da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, a visita do conselheiro e sua comitiva tem como intuito “discutir oportunidades para fortalecer a parceria estratégica Brasil-EUA, melhorar a estabilidade regional, avançar os objetivos climáticos, colaborar com a infraestrutura digital e ajudar a traçar um caminho de recuperação da pandemia da covid-19”.

Cooperação

Durante a conversa entre o conselheiro norte-americano e o ministro da Defesa brasileiro, Sullivan levantou a questão de conceder ao Brasil um status de parceiro global da OTAN, entretanto, a pré-condição necessária para que o país se torne parceiro da Aliança Atlântica é abandonar as tecnologias 5G chinesas, fornecidas pela Huawei, segundo a Folha de São Paulo.

A Huawei é considerada não confiável pelos EUA, o que dificultaria a cooperação em comunicações de segurança, relatou a mídia. Na América do Sul, o único país que tem o status de “sócio global” da OTAN é a Colômbia, o mais tradicional aliado dos EUA na região e com amplo histórico de cooperação militar.

Possuem o mesmo status Afeganistão, Austrália, Iraque, Japão, Coreia do Sul, Mongólia, Nova Zelândia e Paquistão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code