Corpo de Bombeiros inicia a operação Verão 2019 

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 6 de dezembro de 2018 as 13:02, por: CdB

A ação conta com o apoio de motos aquáticas, lanchas, botes, quadriciclos e helicópteros. Drones também são usados para monitoramento e socorro às vítimas.

Por Redação, com ACS – do Rio de Janeiro

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro iniciou a Operação Verão 2019. Até março, 1,3 mil guarda-vidas vão se revezar na orla fluminense, garantindo um reforço de cerca de 50% no efetivo, intensificando a segurança dos banhistas.

Até o mês de março, 1,3 mil guarda-vidas atuarão na orla fluminense

A ação conta com o apoio de motos aquáticas, lanchas, botes, quadriciclos e helicópteros. Drones também são usados para monitoramento e socorro às vítimas.

– A Operação Verão é um planejamento estratégico adotado pela corporação em virtude do expressivo aumento do número de frequentadores nas praias do estado nesta época do ano. Nossos militares trabalham ativamente na conscientização e prevenção, a fim de evitar riscos de afogamentos. É fundamental que as pessoas sigam as recomendações e obedeçam à sinalização, evitando se expor a riscos durante o banho de mar – destacou o secretário de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Roberto Robadey Jr.

Primeiro fim de semana

No primeiro fim de semana da Operação Verão, nos dias 1° e 2 de dezembro, o Corpo de Bombeiros Militar realizou 52 salvamentos marítimos em todo o estado. De 1º de janeiro até o último domingo, já foram contabilizadas 23.346 ações de resgate a banhistas.

Procon

O Procon Estadual realizou uma ação de fiscalização em restaurantes de frutos do mar na segunda-feira. A primeira ação da Operação Aquaman vistoriou cinco restaurantes em bairros da Zona Sul do Rio e autuou três deles. Os fiscais descartaram 6kg e 210g de alimentos impróprios ao consumo.

Os fiscais descartaram 6kg de produtos impróprios ao consumo no restaurante Marinado (Av. Nossa Senhora de Copacabana, 552 – Copacabana). Entre os alimentos vencidos, havia 140g de queijo gruyère, 100g de croutons e 170g de queijo gorgonzola. Já entre os alimentos sem especificação de validade, forma encontrados 2kg e 800g de charque, 2kg de frios variados e 1kg de requeijão. O restaurante também não possuía certificado do Corpo de Bombeiros.

Não foram encontradas irregularidades nos seguintes estabelecimentos: O Caranguejo (Rua Barata Ribeiro, 771 – Copacabana) e Satyricon (Rua Barão da Torre, 192 – Ipanema).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *