Defesa de Lula pede para que ele possa enterrar o neto de 7 anos

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sexta-feira, 1 de março de 2019 as 13:55, por: CdB

O menino Arthur Araújo Lula da Silva deu entrada às 7h20 desta sexta no Hospital Bartira, em Santo André, no ABC paulista, com “quadro instável”, de acordo com o boletim médico.

 

Por Redação – de São Paulo

 

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria ingressado, no início desta tarde, segundo informou uma fonte próxima aos advogados à reportagem do Correio do Brasil, que preferiu o anonimato, com pedido para que ele possa comparecer ao velório e enterro do neto de 7 anos, vítima de meningite meningocócica. O neto visitou o vovô por duas vezes onde ele se encontra preso, há quase um ano, na sede da Polícia Federal.

Arthur, de 7 anos, era um dos netos do ex-presidente Lula. Ele morreu na manhã desta sexta-feira
Arthur, de 7 anos, era um dos netos do ex-presidente Lula. Ele morreu na manhã desta sexta-feira

O menino Arthur Araújo Lula da Silva deu entrada às 7h20 desta sexta no Hospital Bartira, em Santo André, no ABC paulista, com “quadro instável”, de acordo com o boletim médico divulgado no fim da manhã. Às 12h11 Arthur faleceu.

Filho de Sandro Luis Lula da Silva, Arthur morreu um mês depois de um dos irmãos do ex-presidente. Genival Inácio da Silva, de 79 anos, o Vavá, veio a falecer no último dia 29 de janeiro, em São Paulo.

Supremo

Em situação idêntica, a defesa de Lula havia pedido autorização à Justiça para que o ex-presidente pudesse comparecer ao velório e enterro. Após a negativa da Primeira Instância, os advogados recorreram ao Supremo Tribunal Federal, devido à urgência do caso.

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), no entanto, autorizou a movimentação do preso quando o corpo do irmão baixava à sepultura. Consternado, Lula optou por permanecer em sua cela.

Procurado, o escritório Teixeira e Martins, que defende o ex-presidente, não negou a informação, embora também não a tenha confirmado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *