Prefeitura põe em circulação linha de ônibus para atender moradores do Vidigal

Arquivado em: Rio de Janeiro, Últimas Notícias
Publicado segunda-feira, 22 de julho de 2019 as 12:48, por: CdB

Vale destacar, ainda, que o serviço é de caráter temporário, permanecendo em vigor apenas enquanto a Avenida Niemeyer estiver interditada.

Por Redação, com ACS – de Rio de Janeiro

A Prefeitura informa que a operação do micro-ônibus na Avenida Niemeyer, conforme autorização concedida pela Justiça, teve início na manhã desta segunda-feira. A resolução da Secretaria Municipal de Transportes, que detalha o novo serviço criado para atender a uma reivindicação dos moradores do Vidigal, foi publicada no Diário Oficial do Município.

A frota estabelecida é de quatro ônibus e poderá sofrer redução

A resolução nº 3152 dispõe sobre a criação da linha SE 002 (Vidigal x Jardim de Alah – circular), que vai funcionar entre 6h e 23h para atendimento provisório aos moradores do Vidigal, em razão da interdição da Avenida Niemeyer. A frota estabelecida é de quatro ônibus e poderá sofrer redução de 50% aos sábados, domingos e feriados. A tarifa será de R$ 4,05, com regra de integração normal.

Sendo assim, os passageiros poderão embarcar no micro-ônibus e em um segundo coletivo, no prazo de duas horas e meia, pagando apenas uma tarifa. A SMTR reitera que será respeitado o protocolo de fechamento da Niemeyer em dias de chuva e, consequentemente, a interrupção da circulação da linha.

Vale destacar, ainda, que o serviço é de caráter temporário, permanecendo em vigor apenas enquanto a Avenida Niemeyer estiver interditada.

CGM-Rio

No último mês de junho, a CGM-Rio passou a utilizar procedimentos de inspeções físicas “in loco” ou por meio remoto para verificação complementar da entrega de produtos e prestação de serviços à Administração Municipal do Rio de Janeiro.

Mas uma nova decisão da Controladoria Geral cria uma medida que promete contribuir ainda mais para a melhoria dos serviços prestados e dos produtos gerados pela Prefeitura.

A Resolução CGM nº 1.534, publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial do Município, define que, a partir de agora, a CGM-Rio poderá confirmar junto aos cidadãos usuários de serviços públicos municipais o recebimento de materiais e da prestação desses trabalhos.

Com a nova medida, retira-se a obrigação da entrega de Ordem de Serviço pela CGM ao responsável ou representante do Órgão/Entidade no momento da inspeção. A confirmação direta junto a cidadãos usuários de serviço público municipal se dará sempre por intermédio da Assessoria de Fomento de Controle Social das contas da CGM-Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *