Presidente da CPMI das Fake News recebe milhões de Bolsonaro

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado sábado, 30 de janeiro de 2021 as 14:11, por: CdB

No Congresso, Coronel se define como independente, mas tanto ele quanto seu partido, o PSD, estão fechados com os dois candidatos defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro.

Por Redação – de Brasília

Presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, o senador Angelo Coronel (PSD-BA) recebeu R$ 40 milhões em recursos para aplicação em obras no seu reduto eleitoral. O parlamentar integra o grupo que investiga a disseminação de notícias falsas que inundou as redes sociais, ao longo da campanha eleitoral de 2018 e persiste nos atos ilícitos, até hoje.

Angelo Coronel (PSD-BA) preside a CPMI das Fake News, mas é fechado com Jair Bolsonaro (sem partido)

Os recursos extras do Orçamento constam na planilha informal do governo, obtida pela reportagem do diário conservador paulistano O Estado de S. Paulo (OESP), que registra um repasse de R$ 3 bilhões a 285 parlamentares às vésperas das eleições da nova cúpula do legislativo.

No Congresso, Coronel se define como independente, mas tanto ele quanto seu partido, o PSD, estão fechados com os dois candidatos defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro.

Eleições

A legenda fechou apoio a Arthur Lira (Progressistas-AL) na disputa pelo comando da Câmara e a Rodrigo Pacheco (DEM-MG) no Senado. O PSD, chefiado por Gilberto Kassab, recebeu a maior fatia do bolo disponibilizado pelo governo às vésperas das eleições no legislativo. Foram R$ 600 milhões, 20% dos R$ 3 bilhões.

E na lista dos parlamentares do partido que puderam indicar recursos, o presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito aparece entre os quatro mais contemplados.

A pedido dele, o governo já destinou R$ 30 milhões para obras da Companhia de Desenvolvimento dos Vales dos Rios São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e outros R$ 10 milhões a ações do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code