Promotora do MP-DF comprova tendência nazifascista do governo

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado quarta-feira, 22 de setembro de 2021 as 16:35, por: CdB

Marya Pacheco publicou sete mensagens com imagens de cartazes nazistas e mensagens de apoio a Adolf Hitler, todos em 17 de setembro de 2016. As publicações permaneceram no Facebook desde então até a tarde desta quarta-feira, conforme comprovou a reportagem do Correio do Brasil.

Por Redação – de Brasília

Promotora do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), a bolsonarista com direito a carteirinha Marya Olímpia Ribeiro Pacheco comprova, com publicação assinada nas redes sociais, que o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) exalta sua tendência nazifascista. A propaganda nazista foi identificada no site de notícias brasiliense Congresso em Foco.

Marya Pacheco publicou sete mensagens com imagens de cartazes nazistas e mensagens de apoio a Adolf Hitler, todos em 17 de setembro de 2016. As publicações permaneceram no Facebook desde então até a tarde desta quarta-feira, conforme comprovou a reportagem do Correio do Brasil.

Terceiro Reich

As manifestações de Pacheco seguem em linha com a recepção calorosa de Bolsonaro a deputada alemã de ultradireita Beatrix Von Storch, neta de um ministro de Adolf Hitler e a sua evidente simpatia pelas estratégias enganosas do principal propagandista do Terceiro Reich, Joseph Goebbels.

Tais tendências, no entanto, não vem de hoje. A última descoberta do pendor genocida do mandatário consta de uma carta, de próprio punho, em que Bolsonaro elogia e agradece aos seus apoiadores mais radicais. O documento foi descoberto pela antropóloga Adriana Dias, da Universidade de Campinas (Unicamp).

A carta, assim como um banner com a foto de Bolsonaro, foram publicadas em três sites, em dezembro de 2004. A foto tem um link que leva ao site que o então deputado federal tinha na época. Adriana estuda grupos neonazistas no Brasil há 20 anos e fez milhares de impressões das páginas da internet para denunciar o fato.

Bolsonaro não esconde sua admiração ao nazismo. Chegou a posar para fotos ao lado de um sósia de Hitler e mantém um discurso ambíguo em relação ao assunto, elogiando o desempenho estratégico do ditador na 2ª Guerra Mundial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code