Queiroz samba no hospital Albert Einstein e vira alvo de CPI na Câmara

Arquivado em: Brasil, Últimas Notícias
Publicado sábado, 12 de janeiro de 2019 as 18:09, por: CdB

Queiroz diz ter sido operado de um câncer no intestino e chegou a publicar uma foto, semelhante a outra que o então candidato Jair Bolsonaro (PSL) publicou, logo após a suposta facada no abdômen, na qual aparece deitado no leito hospitalar, com uma sonda nasal.

 

Por Redação – de Brasília e São Paulo

 

Depois de, literalmente, sambar para todo o Brasil ver, Fabrício Queiroz, o ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro que movimentou mais de R$ 1,2 milhão em sua conta, ao longo de um ano, entrou na mira de uma possível Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Câmara dos Deputados. Embora o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPE-RJ) o tenha chamado para prestar explicações, Queiroz disse que, nem ele ou qualquer de seus familiares, poderia comparecer aos compromissos marcados.

Queiroz divulgou uma foto em que aparece deitado no leito hospitalar
Queiroz divulgou uma foto em que aparece deitado no leito hospitalar

Queiroz diz ter sido operado de um câncer no intestino e chegou a publicar uma foto, semelhante a outra que o então candidato Jair Bolsonaro (PSL) publicou, logo após a suposta facada no abdôme, na qual aparece deitado no leito hospitalar, com uma sonda nasal. Bem diferente do paciente bem disposto que chega a sambar, no vídeo vazado para a internet, neste sábado.

Em mensagem publicada no Twitter, neste sábado, o deputado estadual pelo PT de Minas Gerais, Rogério Correia, sugere a criação de uma ‘CPI do Einstein’.

E pergunta: “Requerimentos meus na Câmara Federal para perguntas que intrigam o país. Ao hospital Albert Einstein: quanto Bolsonaro pagou e como acertou? Com verba própria ou da Câmara Federal? Quanto e quem pagou pela ‘estadia’ de Queiroz? Por que o hospital tem medo do @zehdeabreu?”.

Perguntinha

Em outra nota, O parlamentar aprofunda seus questionamentos, a serem apurados por uma CPI:

“Mais uma perguntinha, desta vez aos promotores, ao Ministro e político Sérgio Moro e aos médicos do hospital mais caro do Brasil:

“Até quando Queiroz vai sambar nas suas caras?”, questiona.

Assista ao vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *