Thomas Bach diz não ter ‘Plano B’ para os Jogos de Tóquio

Arquivado em: Destaque do Dia, Esportes, Esportes Olímpicos, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 21 de janeiro de 2021 as 12:32, por: CdB

Não existe um “Plano B” para os Jogos de Tóquio, disse o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, que reafirmou seu compromisso de realizar o evento poliesportivo neste ano durante uma entrevista concedida à agência de notícias Kyodo News nesta quinta-feira.

Por Redação, com Reuters – de Tóquio

Não existe um “Plano B” para os Jogos de Tóquio, disse o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, que reafirmou seu compromisso de realizar o evento poliesportivo neste ano durante uma entrevista concedida à agência de notícias Kyodo News nesta quinta-feira.

Presidente do COI, Thomas Bach

No sábado, seis meses terão se passado desde que a Olimpíada foi adiada por causa da pandemia global do novo coronavírus e remarcada para começar em 23 de julho deste ano.

Apesar do apoio público minguante e de uma disparada de casos de coronavírus em todo o mundo, os organizadores insistem que os Jogos acontecerão.

Jogos Olímpicos de Tóquio

– Não temos, neste momento, absolutamente nenhuma razão para acreditar que os Jogos Olímpicos de Tóquio não começaram em 23 de julho no Estádio Olímpico de Tóquio – disse Bach à Kyodo News.

– É por isso que não existe um Plano B e é por isso que estamos totalmente comprometidos a tornar estes Jogos seguros e bem-sucedidos – acrescentou.

Com a Olimpíada de Inverno de 2022 de Pequim no horizonte e os gastos crescentes diminuindo o apoio público, os organizadores de Tóquio têm repetidas vezes descartado adiar o evento novamente.