O Copom ameaça com a Selic

Por Paulo Kliass – O COPOM na atual gestão tem adotado, ao longo dos últimos meses, uma postura bastante dura no quesito do arrocho da política monetária. (…) Para esse pessoal, pouco importa se o desemprego está atingindo mais de 14 milhões ou se estamos retroagindo nosso PIB para meados da década passada.

Continue lendo

O cinema e sua dimensão política hoje

Por Celso Marconi – Hoje, o cinema continua importante, mas o cinema brasileiro prossegue perdido, dominado pela política norte-americana. É a cabeça da produção de Hollywood que manda no cinema brasileiro. Outro movimento também muito importante no mundo foi o do Cinema Novo brasileiro, mas esse movimento foi destruído pelo golpe de 64.

Continue lendo

Bolsonaro desperdiça R$ 240 milhões em remédios

Por Altamiro Borges – De acordo com o jornal, “com a quantia desperdiçada seria possível comprar 4,5 milhões de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19. Perderam-se 820 mil canetas de insulina e 12 milhões de doses de vacina contra gripe, hepatite B e varicela, por exemplo.

Continue lendo

A cruel e ilegal realidade dos presos palestinos

Por Sayid Marcos Tenório – Desde a fundação do “estado judeu”, Israel desenvolve brutal repressão para sufocar e acabar com a resistência dos palestinos, criminalizando qualquer forma de oposição à ocupação, onde as prisões são instrumento de repressão e castigo aos palestinos.

Continue lendo

A crise econômica e o projeto de Bolsonaro

Por Paulo Kliass – O presidente começa a deixar transparecer em atos e falas seu receio de ser preso após a derrota no pleito. A coleção de crimes cometidos por ele aumenta a cada dia que passa e seus filhos também sentem a aproximação paulatina do momento de prestação de contas junto à Justiça.

Continue lendo

Chafurdento, Bolsonaro delira no Dia do Chafurdo

Por Wellington Duarte – As bravatas ficaram como bravatas e os lobos não mostraram os dentes, até porque boa parte deles já tem a dentadura fragilizada pela idade. A “marcha das pelancas fascistas”, em Brasília, que deveria ser uma explosão, foi um pequeno traque.

Continue lendo

Ministro culpa Deus por crise energética

Por Altamiro Borges – O desgoverno de Jair Bolsonaro privatiza a Eletrobras, desmonta o sistema, não investe no setor e… culpa Deus. Na maior caradura, em rede de tevê, o ministro-almirante afirmou que “trata-se de um fenômeno natural”.

Continue lendo

Acender uma vela pelo Brasil

Por Urariano Mota – Acendem-se velas ainda em memória dos mortos, com afeto e tristeza. Mas na gravidade da hora deste presente, em mais de um sentido, em todos os sentidos, penso que deveríamos acender muitas velas, milhões de velas pelo Brasil.

Continue lendo

Dia 7 de setembro o feriado é na rua

Por Pedro Luiz Teixeira de Camargo (Peixe) – Essa data é importante pelo que simboliza, mas, nos últimos anos, acabou sendo abandonada pela esquerda por estar sempre com as ruas ocupadas pelos bolsominions, comemorando algo que eles não têm, que é o patriotismo, já que estão vendendo todo o patrimônio nacional a preço de banana.

Continue lendo