Brasil pandêmico

Há cerca de quatro meses imerso em uma pandemia o Brasil vai mostrando suas nuances, para o bem e para o mal

Por Thiago Modenesi – Há cerca de quatro meses imerso em uma pandemia o Brasil vai mostrando suas nuances, para o bem e para o mal. O recente episódio dos bares do Leblon carioca, entupidos de gente que parece ignorar os riscos aos quais se expõe, mas também ao próximo, é um retrato desse momento.

Continue lendo

O colapso da Educação no Brasil

Por Wadson Ribeiro – É sintomático que duas das áreas mais importantes do governo federal, os ministérios da Educação e da Saúde, padeçam há dias à espera de um ministro titular. Esse descaso revela a prioridade como esses temas são tratados pelo governo federal.

Continue lendo

A tramoia da casa-grande para salvar Bolsonaro

Por Roberto Amaral – Mais uma vez, e mantendo a rotina de nossa história, a casa-grande, aquele 1% que nos governa desde a colônia, intervém na crise política e arquiteta a nova ordem: não se fala mais nas ameaças de  golpe bolsonarista, ao mesmo tempo em que o impeachment do capitão (ou qualquer outra forma de defenestrá-lo) vai para as calendas gregas.

Continue lendo

Demissões e o carrão blindado de Guedes

Por Altamiro Borges – Com o país totalmente desgovernado, não tem sequer ministro titular da Saúde, a covid-19 segue matando milhares e desgraçando a vida de milhões, com desemprego, arrocho salarial e precarização. No setor aéreo, por exemplo, a tragédia é total.

Continue lendo

Estados mais fortes

Por Jaime Sautchuk – A organização da live foi da UBA, instituição em que o presidente Fernández leciona, quando não está em cargo público, como atualmente. Já em sua fala inicial, Lula usou grande parte do seu tempo na análise da situação de todos os países da América Latina, defendendo postura que também foi enfocada pelo governante argentino.

Continue lendo

O que o povo pensa de Bolsonaro?

Jair Bolsonaro

Por Eron Bezerra – Segundo pesquisa Datafolha (FSP 27.06.2020) a população brasileira entende que Bolsonaro é autoritário, incompetente, despreparado, só governa para os ricos, odeia pobre e é burro. Ademais, 75% desse mesmo povo diz que defende a democracia e acham que Bolsonaro e o seu governo defendem a ditadura, a qual eles repudiam.

Continue lendo

Uma campanha inteligente

Por João Guilherme Vargas Netto – Nestes dias conturbados em que alguns prefeitos e governadores em várias cidades e estados praticam um confuso relaxamento das normas de isolamento social, os metroviários de São Paulo, dirigidos pelo sindicato, têm dado sucessivas demonstrações de um encaminhamento firme e consequente em sua campanha reivindicatória.

Continue lendo

Bolsonaro e seus limites

Por Luciano Siqueira – No pressuposto de que pode tudo por ter sido eleito surfando na onda da negação da política, Bolsonaro tenta disfarçar sua incontornável incapacidade de governar promovendo escaramuças intermitentes contra inimigos, reais ou imaginários.

Continue lendo

A história conservadora: crônica de particularidades

Por José Carlos Ruy – Fernand Braudel chamou de mudança “profunda” aquela que ocorre a longo prazo e, segundo ele, de forma autônoma e à margem da praxis humana, de sua experiência concreta. Esta interpretação, “autonomista”, da mudança de longa duração contribuiu para o pensamento conservador ao preconizar como inútil.

Continue lendo

Romper com o austericídio

Por Paulo Kliass – O momento atual, por mais duro que seja, pode oferecer a alternativa de se combinar a luta pela superação desse governo com a ruptura do dogma da política econômica conservadora. Os números catastróficos da realidade social em nosso país parecem não serem suficientes para sensibilizar o presidente Bolsonaro e seu todo poderoso Ministro da Economia. 

Continue lendo