Jornalista sente náuseas durante entrevistas de Bolsonaro

Arquivado em: Política, Últimas Notícias
Publicado sábado, 29 de fevereiro de 2020 as 14:59, por: CdB

“Vera, como você está?’ É o que mais ouço de amigos, familiares, conhecidos virtuais e desconhecidos. Estou bem, mas não sou de aço. Ontem vomitei 3 vezes ao ouvir o presidente do meu país mentir a meu respeito e me ofender em rede nacional. Mas estou forte e cercada de amor”, escreveu Vera Magalhães, em uma rede social.

Por Redação – de São Paulo

A jornalista Vera Magalhães sentiu náuseas, por três vezes, durante as entrevistas do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), na última quinta-feira, quando desfechou os ataques contra ela em sua live semanal, nas redes sociais.

Bolsonaro atacou a repórter, em entrevista a jornalistas, à saída do Palácio da Alvorada, sem qualquer reação dos colegas
Bolsonaro atacou a jornalista, em entrevista à saída do Palácio da Alvorada e mentiu sobre convocação para protesto golpista

“Vera, como você está?’ É o que mais ouço de amigos, familiares, conhecidos virtuais e desconhecidos. Estou bem, mas não sou de aço. Ontem vomitei 3 vezes ao ouvir o presidente do meu país mentir a meu respeito e me ofender em rede nacional. Mas estou forte e cercada de amor”, escreveu Vera Magalhães, em uma rede social, noite passada.

Bolsonaro, nos três pronunciamentos públicos, mentiu aos brasileiros sobre a convocação para as manifestações que pregam o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF), em um chamamento a um novo golpe de Estado, no país. O mandatário neofascista afirmou que o vídeo divulgado por Magalhães era de 2015, embora citasse o atentado sofrido três anos depois. Naquela ocasião, Bolsonaro era deputado, e não presidente, e a facada sofrida por ele – que aparece na gravação – ocorreu na campanha de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *