A ascensão da indústria digital e o futuro do entretenimento na Internet

Arquivado em: Internet, Últimas Notícias
Publicado quinta-feira, 9 de setembro de 2021 as 21:20, por: CdB

Images

A transformação digital da indústria de mídia e entretenimento se acelera exponencialmente. O setor está mudando para se adequar às novas realidades, trazendo assim diversos desafios e oportunidades para investidores e empreendedores. 

A mídia, o entretenimento e o esporte sofreram uma ruptura radical na última década com a introdução da internet, das redes sociais, do conteúdo gerado pelo usuário e do streaming de vídeos. Muitos modelos de negócios foram revogados e sistemas inteiros da área foram transformados ou desapareceram completamente. Com a rápida transformação digital vieram conferências de Zoom, festas de Netflix e o crescimento do consumo de jogos online entre os jovens.

A boa notícia, no entanto, é que, assim como outras indústrias estão encontrando maneiras de retornar a uma aparência de normalidade, o setor do entretenimento também tem perspectivas para o amanhã. Aqui estão algumas das tendências para o futuro.

Streaming Online

Muitos aspectos da indústria do entretenimento dependiam da presença física em eventos para obter lucros. Isso incluía cinemas, teatros e shows, que geravam mais dinheiro para artistas, atores e músicos. A nova abordagem para esse setor é começar a direcionar seu foco ao streaming, maneira cada vez mais popular de assistir conteúdo online e que vem mudando a forma de como consumimos cultura há algum tempo. Desde o advento dos shows do Instagram Live, muitos artistas estão priorizando apresentações digitais para engajar seus fãs e recuperar sua renda. Até o stand-up comedy, atividade que poucas pessoas pensariam que poderia existir sem público, já é realizado via Zoom e outras plataformas de videoconferência.

Images Unsplash 1

Essa mudança de comportamento também pode ser vista no setor do entretenimento como nos jogos eletrônicos, cassino online e até nos videogames. Não existe mais a necessidade de ir a um local físico em busca de diversão. O mercado de cassinos, por exemplo, é cada vez mais digital, com mais tecnologia, imediatez e uma experiência de usuário aprimorada capaz de satisfazer até os mais exigentes usuários. Os maiores players do setor possuem atendentes que falam o idioma local e interagem com seus clientes como se estivessem cara a cara, aproximando a experiência daquela obtida no mundo físico. E a mudança para o consumo digital deverá receber um impulso ainda maior com a implantação de redes 5G em todo o mundo. 

Produção e Criatividade

Graças ao universo digital, houve uma democratização ao acesso e à inclusão, que permitem que qualquer pessoa interessada acesse as ferramentas necessárias para alcançar o sucesso. A indústria do entretenimento está muito à frente nessa curva, como pode ser visto em plataformas digitais como o YouTube, que permitem que atores, cantores e outros artistas exibam seus talentos a qualquer parte do mundo. A crescente dependência de smartphones também é outro fator que implica e produz o mesmo efeito.

Ao mesmo tempo, as linhas entre as tradicionais organizações de mídia e as empresas de tecnologia começam a se cruzar. O YouTube já comercializa suas tendências de visualização para canais tradicionais para ajudar a melhorar a compreensão sobre o que os consumidores realmente querem ver e ouvir. Isso só tende a crescer à medida que a tecnologia permitirá que as empresas transformem esses dados em uma visão personalizada das preferências do consumidor. 

Cada área tem seus próprios desafios, e a ruptura digital está em toda parte. As organizações devem ser ágeis e construir um novo impulso que respeite a realidade de seu setor. Um desafio hoje é entender melhor o público de uma maneira não intrusiva, com o objetivo de atender às necessidades e desejos pessoais dos consumidores. Atualmente as pessoas esperam por conteúdos personalizados, em todos os seus dispositivos, em qualquer hora do dia, mas querem, acima de tudo, estar no controle da situação, fazendo suas próprias escolhas. O poder mudou para as mãos dos clientes e a indústria online parece ter entendido isso. Nesse novo mundo, estar aberto a mudanças é a única constante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code