Editor-chefe

Gilberto de Souza

Departamento Comercial

Renato Bulcão
Contatos: 55-21-2262-2776
ou 55-21-9285-9968
[email protected]

Elfi Fenske
Contatos: 55-21-2262-2776
ou 55-21-9285-9968
[email protected]

Tabela Geral de Preços
Edições Impressa e Online

Consultores Associados

Administração
Alípio Albuquerque

Cultura e Música
Ricardo Cravo Albin

Energia e Meio Ambiente
Dr. Paulo Braga

Imagem
Luciano Mendes de Almeida

Marketing
Renato Bulcão

 

Agências Credenciadas

Adital – ABr – AGCS – ANSA – BBC-Brasil – Eco Press – Irna – Libération – Makira – Preview – Reuters – RSF – Unicamp – Novopress – USP – NYTimes – WDRC e sucursais

 

Endereço da Redação:
Avenida Presidente Wilson, 231/9º Andar – Centro – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 20030-021
Tel/Fax: +55-21-2262-2776
E-mail: [email protected]

O Correio do Brasil®, em suas versões online e digital, exclusiva para assinantes, no horário vespertino, é uma publicação da
Thompson & Souza Comunicação Ltda.

Copyright © 2000 – 2014

4 thoughts on “Expediente

  1. Prezados,

    Gostaria, se possível, de alguns esclarecimentos sobre notícia postada no Correio do Brasil e que figura na página principal de sua seção sobre a América Latina.

    A manchete é “Reforço militar da Rússia, China e Irã à Venezuela gera tensão na América Latina”.

    Onde estão os detalhes dessa história?

    Quem são esses porta-vozes? Qual é a fonte da informação? Não consigo achar nem a data da publicação nesta página. A notícia sugere envio de tropas. Não está em nenhuma outra fonte. É reportagem original? Faz afirmações fortes mas muito mal explicadas. Onde essas afirmações foram feitas? E quando? Quando foi “este domingo”?

    A notícia está viralizando pelo Whatsapp. Esse jornal é sério? Ou é fake news pelos anúncios?

    Gostaria somente de me informar e até então considerava o site como fonte fiável.

    Att,
    Marlene Souza

    1. Prezada Srª.
      As fontes estão no texto da matéria e todas elas são agências de notícias confiáveis.
      Não há exatamente, inclusive, nenhuma notícia dissonante com o noticiário mundial. Irã e China já têm presença militar na Venezuela há mais de um ano, sob os tratados firmados entre estes governos.
      A Rússia, ainda no governo do presidente Hugo Chávez, exportou cerca de 200 mil rifles AK-47 e, mesmo agora, segue como principal parceira na área de Defesa do país.
      Quanto à seriedade do Correio do Brasil, minha sugestão é que a Srª. faça uma assinatura e conheça melhor o jornal que, há 18 anos, informa com fidedignidade o seu público.
      Att.
      Gilberto de Souza
      Editor-chefe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *